Rádio Podcast - Programa da semana
Culto ao vivo - Domingos às 20h

« Página inicial

A ponte para a Vida
Stimme des Glaubens - Alemanhã

Solidão

Um homem disse certa vez: “Nunca a gente se sente tão solitário como numa grande sociedade”. Uma viúva, que havia perdido seu único filho disse: “Eu sinto vontade de gritar noite e dia, pelo sofrimento da solidão. Eu gostaria de gritar para as paredes dizendo que me sinto solitária e miserável”. Ela residia numa cidade de milhões de habitantes.

Como é amarga a solidão. Enquanto vivemos alegremente na companhia de nossos familiares, talvez logo após uma estreita parede, no apartamento vizinho, resida uma pessoa muito solitária. Ela ouve as vozes, diálogos, perguntas e respostas na casa do vizinho, mas em suas quatro paredes tudo permanece solitário.

Quem pode contar as pessoas que hoje sofrem em sua solidão? Henrique Heine escreve: “No pequeno peito do ser humano, pode se esconder muito sofrimento”. Mesmo pessoas casadas sofrem sob a pressão da solidão, pois um não tem mais nada a dizer ao outro, e cada qual se sente incompreendido e não amado.

As vezes não podemos compreender, como é possível que em meio a esta multidão de gente do século XX tanta gente morre na solidão. Um poeta denuncia o motivo dizendo: “... cada um, somente ama aquilo que é propriamente seu”.

É por isso que alegria e tristeza vivem tão juntinhos, e mesmo entre milhares de pessoas, nas grandes capitais, muitos apenas vivem vegetando como esquecidos do mundo.

Stimme des Glaubens - Alemanhã

Mostrar todos os livrinhos Faça sua encomenda de livrinhos