Rádio Podcast - Programa da semana
Culto ao vivo - Domingos às 20h

« Página inicial

Há um homem com um machado na cidade! 3º parte
Mário Hort - 23/08/2016

Em artigos anteriores, descrevemos o corte do “carvalho do deus do trovão”, pelo qual os pagãos na região central da Alemanha entenderam que os deuses não representam nada, e se converteram ao cristianismo.

Com a madeira do carvalho, que o bispo Bonifácio cortou, foi edificada a primeira capela em Fritzlar, onde atualmente se encontra a catedral.
Winfried nasceu em 673, na Inglaterra e foi batizado de “Bonifácio” pelo papa Gregório II. Ele cruzou as terras germânicas sobre o lombo de um cavalo, durante 40 anos de evangelização. As questões teológicas, naqueles dias tinham pouca importância. Importante foi que o paganismo passasse para o cristianismo. Bonifácio, o evangelista inglês, foi um homem forte com uma altura de 1,90m e falava com poder e autoridade, anunciando a Jesus Cristo.

O bispo missionário insistia com os pagãos e solicitava que lançassem fora os seus deuses, para seguir unicamente ao Deus que criou os céus e a terra. Isso os pagãos confirmavam pelo seu batismo ao cristianismo, demonstrando assim a troca de domínio sobre as suas vidas.
Isso causou um impacto muito grande em todos os povos pagãos em Fritzlar e em toda a Europa. O nome da cidade: “Fritzlar” significa: “Lugar da paz” e sua fundação foi datada pelo dia do corte do carvalho, por Bonifácio no ano de 723.

O corte do machado, com a força e a coragem do evangelista fez nascer uma cidade, converteu os bárbaros para o cristianismo e trouxe luz e libertação ao paganismo, para o mundo inteiro.

Durante a cessão de fotos no centro de Fritzlar, com o Dr Marcus, que representava o Bispo Bonifácio cortando o carvalho, uma senhora chamou a polícia para verificar, o que um homem com um machado estivesse fazendo em sua cidade.

Aconteceu um fato curioso, pois justamente dois dias antes, numa cidade 50 km distante de Fritzlar, a polícia precisou caçar um homem, que loucamente corria pela cidade ameaçando as pessoas com um machado. Portanto a população da região estava assustada por um “homem com um machado”.
A polícia chegou ao local de nossa cessão de fotos, mas reconheceu o médico e nem mesmo desembarcou do veículo, para não passar vergonha.

Na noite do jantar com a família do Dr Marcus e Andrea, a história com a polícia se transformou numa celebração, porque naquele instante novamente, um veículo da polícia cruzou enfrenta a sua casa...

Porém, é isso que acontece no mundo atual com horror, perseguição e mortes de centenas de cristão em suas igrejas e reuniões familiares, onde a polícia é acionada e os cristãos são levados para a prisão e a morte.

Os “carvalhos dos deuses” ainda existem aos milhares e ameaçam o povo de Deus em todo o mundo. Estive um tanto decepcionado com o “machadinho” que o médico trouxe para representar Bonifácio, no corte do carvalho.

Porém, é essa a nossa missão: Devemos “cortar” os carvalhos gigantes dos deuses da corrupção, da infidelidade conjugal, da imoralidade..., com as ferramentas da espada do Espírito e o amor que se oferece na cruz.

O império mais poderoso do universo nasceu numa manjedoura, o rei caminhou de sandálias, sem lugar certo para pernoitar, com uma comitiva de pobres pescadores, mas já conquistou a metade do mundo, com o “machadinho” da fé cristã.

Mário Hort

Gostou? Compartilhe esta página em sua rede social:

Mostrar todos os artigos