Rádio Podcast - Programa da semana
Culto ao vivo - Domingos às 20h

« Página inicial

Deus odeia o assassinato do Amor Conjugal
Pr. Mário Hort - 04/07/2018

7° parte

O divórcio não é a única saída para o casal que enfrenta dificuldades e crises. Os constantes divórcios estão formando um mundo sem fundamentos que transtorna a vida da sociedade humana.

Todo homem “vislumbra” alguma mulher estranha que é muito linda, todos os dias. Seria um terror se algum descontrolado avançasse na pessoa atraente para beijá-la na boca.

Infelizmente isso acontece até em ônibus, com estupros de mulheres, jovens e crianças. Isso é crime hediondo.

Toda mulher encontra algum homem que lhe chama atenção, e pode até ser um encantamento para sua mente. Porém, se a beleza logo a leva a loucura para avançar, a vida será um caos. Isso só não acontece devido ao autocontrole dos normais.

Sempre que um homem ou uma mulher encontra uma pessoa linda e atraente, o AMOR CONJUGAL DEVE ENTRAR EM AÇÃO, tanto para solteiros como dos casados até a morte, para evitar o assassinato da célula da vida no planeta.  

DEUS ODEIA O DIVÓRCIO!

A Escritura diz: O Senhor tem sido testemunha entre ti e a esposa que tens desde a juventude para com a qual foste infiel... a mulher da tua aliança matrimonial.

Ora, não foi o SENHOR que fez deles um só?... Portanto, cuidai atentamente de vós mesmos: Ninguém seja infiel para com a sua esposa...

Pois, Eu odeio o divórcio E TAMBÉM ODEIO AQUELE que cobre as suas vestes de violência!”. Malaquias 2: 14 -16.

Aquele que não se controla ao encontrar uma pessoa atraente e bela é como um monstro, que arranca pessoas, que lhe tratam com gentileza e educação. E isso acontece no trabalho, na vizinhança e também dentro das igrejas.

Os crentes, católicos, pentecostais e neopentecostais, estão elevando um clamor por seus pecados aos céus, como Sodoma que foi queimada.

Precisamos da FORÇA DO AMOR CONJUGAL movido pelo Espírito Santo, para voltar sempre para nosso cônjuge, manter nossa alma e mente em santidade quando surge algum assédio. E se necessário devemos denunciar o possível assassino de nosso casamento. 

Não seja assassino do seu ou do casamento de alguma outra pessoa.

O casamento sem a observação dos princípios do Manual de Deus é como uma aeronave sem contato com a TORRE de CONTROLE do CÉU.

A união conjugal é a mais importante força impulsora do planeta, porém precisa da graça de Deus!

Leia repetidas vezes os nossos sete artigos, referente à força do amor conjugal.  Solicite ao seu cônjuge que faça o mesmo e seja reconciliado com Deus em seu matrimônio, para sarar a sua casa, alma e espírito.

Mário Hort

Pr. Mário Hort

Mostrar todos os artigos