Rádio Podcast - Programa da semana
Culto ao vivo - Domingos às 20h

« Página inicial

Deus não acompanha o criminoso! Parte 2
- 12/01/2011

Caim estava por assassinar seu irmão Abel. Deus lhe perguntou: “Por que você está de rosto inclinado. Se você é religioso, poderá levantar seu olhar! Mas, o pecado está esperando por você diante da porta. Você deve vencer o pecado”.
Deus não acompanhou Caim no caminho para o campo quando ele matou seu irmão. Somente depois Deus perguntou: “Onde está seu irmão Abel? O que foi que você fez? Seu sangue clama a mim da terra” Gen.4: 4 - 11.
Caim sabia que ele seria fugitivo, após matar o seu irmão, pelo resto de sua vida. Deus apenas fez um sinal em Caim para que ninguém o matasse. Gen. 4: 14 - 15.


Deus não carrega crente, pastor ou obreiro, nem os acompanha quando fazem negócios fraudulentos.
Deus não está presente no círculo de oração de pessoas que se dão as mãos para agradecer pelo dinheiro corrupto que conseguiram. Deus não acompanha políticos fraudulentos e criminosos e também não anda ao lado de pastores, que com orações roubam as pessoas em seus templos, com promessas de prosperidade em troca de dinheiro.


Quando não há pegadas ao lado de quem está se envolvendo em roubos e crimes, adultério, engano... é porque Deus se retirou e em caso de morte nos maus caminhos, os anjos de Deus levarão o pecador para ser queimado no fogo eterno. Mt. 13: 47 - 50. O pecado nos separa de Deus! A Bíblia diz: ²As vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. ³ Porque as vossas mãos estão contaminadas de sangue, e os vossos dedos de iniquidade; os vossos lábios falam falsidade, a vossa língua pronuncia perversidade. Is. 59:2.

O filho pródigo moderno!
Em 1970 conheci o jovem Heraldo (nome fictício) em Hannover, onde escrevi essas linhas. Ele era pianista de primeira, superdotado. Foi promovido para a Universidade de Berlin, pois com sua inteligência perturbava os colegas de classe onde estudava. O jovem não andou mais com Deus, nem Deus com ele.
Heraldo seguiu os caminhos das drogas e finalmente caiu num grupo terrorista muito temido. Certa madrugada, quando ele se encontrava num veículo, pronto para fazer um atentado, a polícia prendeu o seu grupo e assim conseguiu desarticular um dos mais perigosos grupos terroristas dos anos 70. O jovem foi preso e teve que ficar sem as drogas. Quando seu tio, pastor e professor de nosso seminário, o visitou, Heraldo precisava se agarrar com as duas mãos na mesa, para frear os tremores do seu corpo pelos efeitos da abstenção química, enquanto falava com seu tio pastor.


Até esse momento, o jovem, antes fiel e temente a Deus, não estava mais nos braços do bom Pastor, nem se viam as pegadas do Mestre no piso da prisão onde ele se encontrava.


Quando o filho “pródigo moderno” voltou para casa, ele foi estudar no seminário teológico onde o seu tio era o diretor da instituição. Heraldo voltou para os caminhos de Deus e Deus o “carregava” novamente em seus braços. Ele passou muitos momentos difíceis, mas venceu! Tornou-se então um dos mais eloquentes evangelistas de nossa comunidade na Alemanha. Viajava com o Quarteto Laudate, formado por pastores, sendo o pianista e evangelista do grupo. Infelizmente quando o seu grupo veio ao Brasil, ele estava enfermo e não pôde visitar nossa terra.


Nosso irmão Heraldo está atualmente com mais de 50 anos de idade, sofreu inclusive desequilíbrios espirituais e religiosos, por sua labilidade emocional, prejudicada pelas drogas. Mas, depois de muitos altos e baixos, ele conseguiu se firmar nos caminhos do Senhor, e está gozando de plena saúde, é pastor em Berlim e palestrante por toda Alemanha.

Mostrar todos os artigos